Advogado Especialista em Pensão Alimentícia

Se você está procurando Advogado Especialista Em Pensão Alimentícia, chegou ao lugar certo. Nosso escritório de advocacia é especialista no Direito de Família. Atendemos toda Região do Vale dos Sinos, Região Metropolitana, Paranhana e Litoral.

Advogada Especialista em Pensão Alimentícia


Advogada especialista em direito de família e experiente em conduzir casos de divórcios, separação e principalmente sobre pensão alimentícia, além de contar com inúmeros cursos de especialização.
Estratégia e um excelente acompanhamento, são cruciais durante o processo. Por isto, tanto nos divórcios consensuais ou litigiosos, a advogada titular estará presente e conduzirá todos os passos.

Nossa representação profissional é focada em seus objetivos. Nosso compromisso é atuar para que as pessoas resolvam seus problemas legais de família. Acreditamos que advogados experientes e comprometidos fazem diferença na vida das pessoas.

A Pensão Alimentícia em detalhes


As crianças sempre têm direito à pensão alimentícia, independentemente de seus pais terem morrido, se divorciado ou separado.

Valor da Pensão Alimentícia


O valor da pensão alimentícia é determinado por uma série de fatores, tais como a renda do alimentante, o número de dependentes, entre outros.

No entanto, o Código Civil determina que o valor da pensão alimentícia deve ser suficiente para cobrir as despesas com a educação, saúde e manutenção do alimentando.

Assim, a pensão alimentícia deve ser calculada de forma a atender às necessidades básicas do menor.

Revisão da Pensão Alimentícia


A revisão da pensão alimentícia pode ser feita por acordo extrajudicial, se os pais do menor estiverem de acordo quanto ao aumento. A revisão deve ser redigida por um advogado e deve incluir a data do aumento, o novo valor da pensão e as condições sob as quais a revisão é válida. O contrato deve ser assinado pelos pais do menor.

Prestação de contas de Pensão Alimentícia


Para efetuar a prestação de contas da Pensão Alimentícia, é importante que o beneficiário apresente todas as contas pagas, receitas e despesas, incluindo os valores referentes aos meses anteriores. Além disso, o pagante da pensão alimentícia deve manter em dia o pagamento da Pensão Alimentícia e qualquer outra quantia devida ao menor.

Não pagamento da Pensão Alimentícia


Se você não estiver recebendo a sua pensão alimentícia, ou se o seu ex-parceiro não cumpre com o valor da pensão, você pode entrar com um processo, que em caso de não pagamento, poderá ter a prisão decretada.

Regras Para Receber e Pagar Pensão Alimentícia


As regras para receber e pagar pensão alimentícia são as seguintes:

1 – O montante a ser pago deve ser fixado em acordo, de forma a atender às necessidades do beneficiário;

2 – Caso não seja possível o acordo, o valor a ser pago será calculado em relação à capacidade financeira do alimentante;

3 – O alimentante pode se comprometer a pagar uma parte da pensão alimentícia, de acordo com sua capacidade financeira;

4 – O beneficiário deve comprovar, mensalmente, a necessidade de receber a pensão alimentícia;

5 – A pensão alimentícia tem validade até que o beneficiário complete 18 anos de idade;

6 – O beneficiário deve receber a pensão alimentícia regularmente, de acordo com o valor acordado ou fixado judicialmente

Como é Calculado o Valor da Pensão?


O valor da pensão é calculado com base nos custos e gastos que precisam para a mantença do menor.

Para que serve a pensão alimentícia?


A pensão alimentícia é uma quantia que um dos genitores é obrigado a pagar para manter o outro e os filhos que foram gerados durante a união. A pensão alimentícia é geralmente usada para ajudar a pagar as despesas básicas, como moradia, alimentação, vestuário e cuidados médicos.

Quando a pensão alimentícia é devida para filhos?


Quando os pais separaram, havendo grande mudança no convívio e na rotina diária, é nessa hora que o genitor que não ter a guarda dos filhos menores deverá, efetuar mensalmente o pagamento de pensão alimentícia.

Quando a pensão alimentícia é devida para ex-cônjuge?


A pensão alimentícia é devida para ex-cônjuge após o divórcio, se no entendimento do juiz um dos cônjuges necessita da ajuda financeira do outro para manter-se.

Quando pode ser feita uma revisão da pensão alimentícia?


A revisão da pensão pode ser solicitada a qualquer momento, desde que haja uma mudança significativa nas condições financeiras de qualquer um dos envolvidos.

Qual valor de um advogado para pensão alimentícia?


Não há um valor único para um advogado para pensão alimentícia, pois o valor pode variar de acordo com o caso e a experiência do advogado.

Um advogado especializado em direito de família pode ajudar a resolver uma questão de pensão alimentícia.

O que o pai tem que pagar além da pensão?


O pai também é responsável pelo pagamento de despesas médicas, educacionais e de outros custos relacionados à criança.

Não é possível determinar o valor da pensão com apenas o valor do salário. Outros fatores, como o número de dependentes, também precisam ser considerados.

O que posso exigir do pai do meu filho?


Cada caso é um caso, mas, em geral, o pai do seu filho pode ser obrigado a pagar pensão alimentícia, proporcionar saúde e cuidados médicos, fornecer abrigo e educação, e ter um papel ativo na vida do seu filho.

Quanto tempo demora um processo de pensão alimentícia 2023?


O tempo que um processo de pensão alimentícia leva para ser concluído depende de vários fatores, incluindo a complexidade do caso, o número de partes envolvidas e a disponibilidade de informações. Em geral, um processo de pensão alimentícia pode levar meses ou até anos para ser concluído. Porque muito depende do andamento do processo.

Mas sempre existe a possibilidade de liminar que vincula um valor de pensão que seja paga por um dos genitores a aquele que mantém a guarda, durante o andamento do processo.

Como dar entrada no pedido de pensão alimentícia pela internet?


Não é possível dar entrada no pedido de pensão alimentícia pela internet. Para solicitar a pensão alimentícia, o requerente deve solicitar atendimento pela defensoria pública ou ainda contratar advogado particular.

Quando a mãe não trabalha o pai paga tudo?


Não, os pais dividem as responsabilidades financeiras quando ambos os pais estão envolvidos na criação dos filhos. Se um dos pais não trabalha, o outro pode ter que assumir a responsabilidade financeira total, mas isso não é obrigatório.

Quem paga pensão alimentícia tem que pagar escola também?


Não há uma regra geral para isso, pois cada caso é único. No entanto, a maioria dos tribunais tende a impor ao pai que paga a pensão alimentícia também a obrigação de custear a escola do filho.

Como provar que não tem condições de pagar pensão?


Não há um único método para provar que não se tem condições de pagar pensão, mas alguns documentos comuns que podem ser usados para essa finalidade são declarações de renda, extratos bancários e documentos fiscais. De regra não existe a possibilidade de ser isento de pagamento de pensão alimentícia.

Mesmo que desemprego, os genitores tem obrigação de pagar a pensão.

Além de oferecer o serviço de pensão alimentícia, nós oferecemos também serviços relacionados à Guarda de Filhos e Partilha de Bens, normalmente procurados em conjunto. Atuamos tanto de forma Judicial como Extrajudicial.

Veja Também:

Advogado Especialista Em Pensão Alimentícia Novo Hamburgo

Pensão Alimentícia

DIREITOS QUE TALVEZ VOCÊ NÃO SAIBA QUE TEM E UM ADVOGADO DE FAMÍLIA PODE LHE ORIENTAR

  • Você pode cobrar pensão mesmo que o homem que registrou a criança não seja o pai biológico
  • Pensão alimentícia não é só para alimentos
  • Seu novo relacionamento não é motivo para revisão de pensão

Se Você Está Procurando Por…

  • Busca de definição de pensão alimentícia após divórcio;
  • Busca de pagamento de pensão alimentícia para filho;
  • Revisão de pensão alimentícia;
  • Encerramento da necessidade de pensão alimentícia;
  • Esclarecimentos sobre a necessidade de pensão alimentícia.

Nós podemos te ajudar, entre em contato através do whatsapp: (51) 984826303

Advogada para Pensão Alimentícia em Novo Hamburgo, RS.
Nosso escritório está localizado na Rua Bento Gonçalves, 2399, Sala nº 1704, no Bairro Centro, Novo Hamburgo, RS.

advogado especialista em pensao

Advogado Para Pensão

Se você está procurando Advogado Para Pensão, chegou ao lugar certo. Nosso escritório de advocacia é especialista no Direito de Família. Atendemos toda Região do

LEIA MAIS »
advogado bpc loas

Advogado LOAS

Advogado LOAS do INSS, agende agora uma consulta sem compromisso em Novo Hamburgo ou online para todo Brasil. Precisa de advogado para dar entrada no

LEIA MAIS »